motim (2015)

performance/intervenção urbana aprox. 1h
concepção: roberta ramos
produção: coletivo lugar comum
performers/criadores/pesquisadores: coletivo lugar comum & artistas convidados
figurino: juliana beltrão
iluminação: luciana raposo
operador de som: almir negreiros

 

Por que Motim? Porque não queremos separar o corpo de sua potência.
Estamos nos amotinando contra um corpo que apenas percorre objetivos. O que nos interessa: um corpo que ri e que erra. Nosso motim é contra séculos de desvalorização do riso. Queremos estar dentro do riso e vivenciar seu prazer, sua saúde, sua inteligência e sua capacidade de contagiar.

 

 

Anúncios